Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

think of things

think of things

Porque não?!

Sempre ambicionei ter muito dinheiro na minha conta, principalmente sem ter que trabalhar muito. Mas como enfermeira isso é muito complicado e também não escolhi a melhor profissão para ter uma vida assim. Também gostava de um dia ser dona de um lar de idosos, gerir o lar de idosos à minha maneira, de modo a dar condições aos idosos e aos funcionários que, na maioria dos lares que existem em Portugal, não têm.

Houve um dia que a minha amiga me convidou para assistir a uma apresentação porque, não havia ninguém melhor, do que um representante do projeto. Mas que queria saber mais e não queria deslocar-me a um determinado sitio, ao fim de semana para ouvir balelas. Até porque estava muito cética e sempre desconfiada com tudo o que ela me dizia. tudo o que ela me dizia era: “ O projeto baseia-se no auto consumo” e dizia-me que podia ganhar dinheiro e que juntava saúde, dinheiro e tempo e que eu ia adorar. E eu perguntei: “Mas é sobre vendas? olha que eu não tenho paciência para essas tretas. É herbalife? Avon? Oriflame? Sabes que eu só gosto de comprar e não andar a vender”. E ela dizia-me: “Não!” vem e tira as tuas conclusões. Tem tudo a ver com a sociedade de consumo onde vivemos”.
E como sabemos, a população tem estado cada vez mais presente no mundo da indústria. Somos nós que decidimos o que devemos comprar, como devemos de comprar e a que preço nos agrada mais. Cada vez mais as pessoas compram pelo Internet como  uma enorme facilidade. Temos o exemplo dos bilhetes de avião. Já não precisamos de nos deslocar ao aeroporto para comprarmos um bilhete de avião. Basta um simples “click” e escolhemos o lugar, a companhia de avião, as horas e o pagamento. Os bilhetes da CP é outro exemplo. Eu só soube à pouco tempo que podíamos comprar bilhetes de comboio da CP, de longo curso, por exemplo, pelo telemóvel e que até podíamos escolher o lugar que queríamos. Basta entramos no comboio e não precisamos de estar em filas. Caso o revisor entre no comboio e peça o bilhete, dizemos o nosso nome e ele verifica lá na máquina dele. Senão, também temos o comprovativo no nosso email. Está tudo à nossa disposição com objetivo de satisfazer os clientes. E este projeto assim o é.

Fui assistir ao projeto e o que pude concluir é que é possível ter tempo para ganhar dinheiro e saúde. Foi então que me inscrevi e consegui pôr as pessoas à minha volta com melhor qualidade de vida e saúde, principalmente, saúde.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Favoritos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D